pe.abra

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco (Abrasel em PE) vê com muita preocupação as novas medidas restritivas, ainda mais rígidas, impostas pelo Governo de Pernambuco, limitando ainda mais o funcionamento dos bares e restaurantes tanto da Região Metropolitana do Recife, quanto do Agreste.

Os empresários do setor entendem que o momento da pandemia é realmente crítico, como comprovam os números de pessoas doentes e internadas, com 98% dos leitos hospitalares ocupados no momento.

Porém, o que a associação solicita ao governo são medidas eficazes na tarefa de reduzir a lotação hospitalar, como, por exemplo, a criação de novos leitos; a retomada dos hospitais de campanha e o aumento da frota do transporte de massa, visto que as medidas até o momento ainda são insuficientes para aliviar a situação.

A Abrasel em Pernambuco quer que o governo acelere o processo de vacinação no estado. Estamos abaixo da média nacional na aplicação de vacinas. E a imunização da população é um fator determinante para darmos um passo seguro na retomada das atividades.

O nosso setor segue cumprindo rigorosamente todos os protocolos de segurança estabelecidos, colaborando, inclusive, com a criação e a aplicação das regras sanitárias.

O setor de AFL (Alimentação Fora do Lar) já vem sofrendo com as restrições desde março do ano passado e sentirá profundamente esse novo impacto, pois se um fechamento é necessário para conter a situação, que ele seja linear, para todos. Não é possível excluir setores específicos, enquanto outros não essenciais seguem com seu funcionamento intacto, potencializando o aumento da contaminação pelo Coronavírus.

25 de maio de 2021

Conselho de Administração da Abrasel em Pernambuco.

Comentários