NOTA CONJUNTA UNECS - Posicionamento sobre anúncio da elevação do déficit fiscal

 

O anúncio da elevação do déficit fiscal desencadeado pelo descontrole das contas federais neste e nos próximos três anos foi recebido com “cautela” pelas sete entidades que compõem a União Nacional das Entidades de Comércio e Serviços (UNECS), que estão preocupadas com a possibilidade do não cumprimento das metas anunciadas pela equipe econômica, na noite da última terça-feira (15).

Da mesma forma, as Entidades registram preocupação com a criação do Fundo Público de Financiamento das Campanhas Eleitorais, de R$ 3,6 bilhões. Se aprovada em plenário, esta medida ampliará o déficit público, contrariando as metas fiscais anunciadas.

Aliás, os novos números das contas públicas propostos pelo Governo só voltarão ao azul em 2021 e, portanto, não é razoável atribuir o mau desempenho financeiro à frustração de receitas, conforme disse o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Lembramos que o resultado ruim da economia foi influenciado pela crise política no âmbito governamental.

As novas metas fiscais foram definidas para acomodar despesas, embora possam permitir ao governo desbloquear gastos represados desde março, evitando a paralisia de serviços essenciais.

A UNECS, cujo faturamento total representa 15,3% do PIB e 22% dos empregos formais, defende a priorização das reformas estruturantes que possam devolver a credibilidade ao Brasil, incluindo-se aqui as reformas tributária e previdenciária.

Tudo isso com responsabilidade fiscal, para se criar um ambiente de negócios favorável ao crescimento e que estimule a geração de novos empregos.

Honório Pinheiro
Coordenador da UNECS e Presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

Emerson Destro
Presidente da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD)

João Sanzovo Neto
Presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras)

Paulo Solmucci Jr.

Presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel)

Nabil Sahyoun
Presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop)

Cláudio Elias Conz
Presidente da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco)

George Pinheiro
Presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB)