Congresso da Abrasel reafirma o potencial gastronômico do DF

Com debates sobre o setor, aulas-show com chefs renomados e feira de vinhos, evento reafirma o potencial do DF como um dos maiores mercados gastronômicos do país

alt

O segmento gastronômico passou por profundas transformações em um curto espaço de tempo. Em menos de três meses, questões pelas quais empresários e líderes do setor batalharam por quase três décadas ganharam novos rumos. A reforma trabalhista e a regulamentação da gorjeta fará de 2018 um ano totalmente diferente dos anteriores para toda a cadeia de alimentação fora do lar, dos clientes aos chefs de cozinha. Esses serão alguns dos assuntos abordados na 29ª edição do Congresso Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), marcado para 15 a 17 de agosto, em Brasília.

A capital não foi escolhida ao acaso. É o terceiro maior polo gastronômico do país, atrás apenas de São Paulo e do Rio de Janeiro. “A gastronomia local ganhou uma importância acima de todas as outras atividades econômicas, principalmente depois da crise na construção civil”, defende Rodrigo Freire, presidente da sucursal brasiliense da Abrasel. O tema escolhido para esta edição foi Conectar — pessoas, saberes, iniciativas. Ele traz um tom conciliador, depois de um intenso debate acerca da nova legislação trabalhista, que passa a valer a partir de novembro.

Essas alterações, com impacto direto no setor, serão avaliadas em painéis com as principais lideranças do segmento de serviços no Brasil. “É a primeira vez que esse conjunto enorme de fatores impactantes será debatido em um único evento”, explica Paulo Solmucci Jr., presidente-executivo da Abrasel. O “menu” está farto e as inscrições podem ser feitas pelo site do Congresso, com preços entre R$ 39 e R$ 200. Há vantagens para assinantes do Clube do Assinante, do Correio. No dia 16, sobe aos palcos Afrânio Barreira, fundador e sócio majoritário da rede de restaurantes Coco Bambu, que falará sobre empreender em meio à crise. Na mesma data, Vicente Nunes, editor executivo do Correio, traça previsões e estratégias econômicas para os próximos anos. No dia seguinte, o brasiliense Alexandre Guerra, do Conselho de Administração do Grupo Giraffas, conversa sobre hábitos de consumo. Cerca de 300 empresários já estão confirmados, a maior participação de todas as edições do evento.

Nem só de debates políticos ou sobre gestão é feita a programação no Congresso Nacional Abrasel. A conversa chega até a cozinha porque, paralelamente aos painéis, ocorre a Mesa Ao Vivo Brasília, uma série de aulas-shows com chefs de todo o país que terminam em uma saborosa degustação. O resultado final será publicado em uma edição especial da revista Prazeres da Mesa.

Parte das receitas ensinadas passeiam pela comida afetiva. É o caso do bolo de macarrão com galinha caipira, escolha do mineiro radicado em Brasília Gil Guimarães, dono da pizzaria Baco e do Parrilla Burger. Tanto as palestras do Congresso quanto o Mesa Ao Vivo Brasília ocorrem no Iesb. “Por aqui, mais de 1.220 profissionais se formaram em gastronomia desde que o curso de graduação foi criado, em 2008”, orgulha-se Edson Sousa, vice-reitor da instituição de ensino.

Vinhos

A programação do Congresso Nacional Abrasel inclui, ainda, um espaço para amantes da bebida de Baco. Maior feira de vinhos brasileira fora do Sul do país, a Vinum Brasilis aproxima o público de 27 vinícolas nacionais, com mais de 200 rótulos, entre tintos, brancos e espumantes. “Mais uma vez, a feira firmou parceria com produtores de queijo da Serra da Canastra, em Minas Gerais”, comemora o organizador Petrus Elesbão. Os produtos lácteos desenvolvidos na região são reconhecidos entre os melhores do mundo e poderão ser harmonizados com as bebidas. Haverá também um debate sobre vinhos de garagem, como são chamadas pequenas vinícolas de produção praticamente caseira.

Anote

29º Congresso Nacional Abrasel

Abertura em 15 de agosto, com evento para convidados no Royal Tulip (SHTN Tc. 1, Conj. 1B, Bloco C). Programação de 16 a 17 de agosto, das 9h às 22h, no Centro Universitário Iesb (613 Sul). Até 7 de agosto, ingressos entre R$ 39 e R$ 200. Assinantes do Clube do Assinante, do Correio, têm vantagens. Confira os horários dos painéis, das palestras e das aulas no site www.congressoabrasel.com.br.

Fonte: Correio Braziliense