Sem fome na balada

A diversão noturna é para ser aproveitada, mas não existe motivo para ficar de barriga vazia. O Diario mapeou pubs do Recife cujo cardápio permite ao cliente saborear a balada. Literalmente

A vida noturna recifense está com novidades que unem entretenimento e gastronomia. Seis novos points abriram este mês com propostas inovadoras e temáticas para incrementar as opções de lazer da capital pernambucana. A culinária de bar requer cardápio prático e simples, com petiscos que podem ser rapidamente consumidos e não demandam muita produção. Entre os mais conhecidos estão os caldinhos, espetinhos e as frituras - como bolinhos, coxinhas e pastéis - além de pratos para dividir, como o clássico filé com fritas ou a costelinha com barbecue. O desafio dos chefs da cidade é explorar as receitas já conhecidas, agregar sabor e transmitir o conceito dos estabelecimentos, para atrair o olhar do público.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco (Abrasel), André Araújo, o surgimento de novos estabelecimentos se dá pela mudança de comportamento do consumidor, que procura diversão mais próximo de casa. “Tem crescido o número de pubs em função dos hábitos de consumo das cervejas artesanais. Os empresários da cidade seguem as tendências dos Estados Unidos e da Europa, e parece ser uma fórmula de sucesso”, analisa. Esses estabelecimentos são casas de menor porte, com ambientes mais aconchegantes e modelos de negócios que não precisam de grande circulação de clientes para se sustentar. Fica a cargo dos chefs de cozinha aguçar a curiosidade de um público exigente e explorar o conceito da harmonização de bebidas e comidas.

Fonte: Diario de Pernambuco