Abrasel discute rumos econômicos do setor de Alimentação Fora do Lar em Congresso

Recife, 19 de agosto de 2016 - O presidente da Abrasel de Pernambuco, André Araújo, o Diretor Executivo, Valter Jarocki, e o Conselheiro Administrativo Bobby Fong representaram o estado no 28º Congresso Nacional Abrasel, que aconteceu nos dias 17 e 18 no Hotel Royal Tulip Alvorada, em Brasília. Com o tema “Potência em transformação”, o evento teve entre os assuntos abordados gestão, gastronomia, empoderamento feminino, tecnologia e políticas públicas envolvendo o setor de Alimentação Fora do Lar. Cerca de 600 pessoas compareceram ao encontro, que contou também com parlamentares, lideranças e empresários do setor, vindos de todo o país.

“O tema do nosso Congresso não poderia ser mais importante, já que o Brasil e o mundo passam por grandes transformações, que geram incertezas e oportunidades. Ao escolhermos o lado ‘potência’, buscamos contribuir para tirar esse complexo vira-lata que alguns têm do país”, afirmou o presidente da Abrasel Nacional, Paulo Solmucci. “As relações de mercado nos mostram a transformação que precisamos aplicar no modus operandis dos bares e restaurantes. Depende de nós mesmos gritarmos contra o incômodo dos instrumentos que impedem o crescimento  do nosso setor, como a alta tributação e os encargos trabalhistas. É trocando experiências que aprimoramos nosso conhecimento. E, assim, as oportunidades surgem com força e o tempo da crise vai se tornando uma página virada na nossa história”, destaca André Araújo.

O consultor jurídico, Everardo Maciel - ex-secretário-executivo de quatro Ministérios em Brasília - abordou a simplificação do sistema tributário brasileiro. Entre as propostas de simplificação, está a unificação cadastral, a vedação ao uso de certidões negativas como sanção política, conferindo-lhes caráter exclusivamente informativo e a revisão completa do PIS/COFINS. “É preciso criar um modelo específico sobre a renda consumida e também eliminar a grande quantidade indefinida de regimes especiais” disse.

As cidades brasileiras, seus planos diretores e os bares e o restaurantes também foram discutidos no evento.  Um painel que contou com a participação do arquiteto e empresário do setor de Alimentação Fora do Lar, José Renato Vessoni, e do urbanista Carlos Leite foi mediado pelo gerente da Unidade de Atendimento Setorial de Serviços do Sebrae, André Spinola.

As mulheres também foram destaque no Congresso. A chef Ana Luiza Trajano comandou o painel “Ingredientes: empreender e acreditar. Prato: um Brasil que vai dar certo”. A proprietária do restaurante Brasil a Gosto, palestrou sobre a força do calor da cozinha e dos ingredientes nacionais. Ao seu lado no painel esteve sua mãe, Luiza Trajano, empresário de sucesso à frente da gigante do varejo Magazine Luiza.

Já Morena Leite, proprietária do Restaurante Capim Santo (SP), inovou colocando funcionários como sócios-colaboradores. Ela palestrou sobre o tema “Como transformar sua equipe em uma grande família”. O congresso contou, ainda, com a presença de Renata Vanzetto, proprietária do grupo Marakhutai e do restaurante Ema, que abordou o tema “Negócios em família, cozinha afetiva”.