Sebrae lança publicação sobre food trucks no Brasil Mais Simples

Manual também chama a atenção para a necessidade de planejar a sustentabilidade do negócio e apresenta algumas soluções para apoiar os empreendedores

Modalidade de negócio já bastante difundida no exterior, o food truck vem ganhando espaço no Brasil. A febre começou em São Paulo, chegou ao Rio de Janeiro e agora se espalha por outras cidades do país. Para orientar os empreendedores que já investem ou querem apostar nesse segmento, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) lançou, ontem (9), um estudo dedicado ao tema que pode ser baixado no site do Sebrae. A publicação aborda a história dos food trucks, o modelo de negócio, a regulamentação do segmento e a relação entre ambulantes e restaurantes.

A publicação também chama a atenção para a necessidade de planejar a sustentabilidade do negócio e apresenta algumas soluções para apoiar os empreendedores, como as oficinas SEI, o Programa Alimento Seguro - PAS Mesa, o Na Medida, os 5 Menos que são Mais, dentre outras. O material será lançado no Brasil Mais Simples 2015, que abriga um painel para discutir os desafios da regulamentação e do funcionamento de empresas sem estabelecimento, como é o caso dos food trucks. O evento está sendo realizado no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília.

O Brasil Mais Simples 2015 é promovido pelo Sebrae em parceria com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, tem a participação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Corpo de Bombeiros, Organização dos Empresários de Food Truck e Secretaria de Desenvolvimento de Belo Horizonte (MG).

Até o momento, apenas os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba têm legislação específica sobre esse assunto. As cidades de Brasília, Porto Alegre e Belo Horizonte já trabalham na aprovação de normas, mas ainda não regulamentaram esse tipo de comércio.

Confira o link original do Diario de Pernambuco