Crise de abastecimento atinge em cheio o setor de bares e restaurantes

 

O setor de alimentação fora do lar tem sido afetado fortemente pela crise instalada no país por conta do desabastecimento de combustíveis e o fechamento de estradas. Falta de gás, insumos escassos e mais caros, dificuldades na ausência de combustível para o transporte de funcionários e acesso dos clientes que não conseguem chegar aos estabelecimentos. A situação é grave e os prejuízos são preocupantes.

O presidente da Associação Brasileira dos Bares e Restaurantes - Abrasel em Pernambuco, André Luiz Araújo, participou, ontem (domingo), da reunião do Comitê de Monitoramento de Crise montado pelo Governo de Pernambuco. Estiveram presentes secretarias, órgãos estaduais e entidades da sociedade civil para acompanhar e definir estratégias para a manutenção e garantia da prestação dos serviços essenciais e prioritários em apoio à população. A reunião aconteceu no Palácio do Campo das Princesas, Centro do Recife.

“A situação é muito séria. Coloquei para o governador e para os membros do comitê todos os problemas que estamos enfrentando e solicitei uma atenção especial no fornecimento de gás com medidas urgentes que nos ajudem a voltar a trabalhar normalmente“, explica André Luiz Araújo.

A Abrasel em Pernambuco está em contato constante com os associados colhendo relatos sobre a falta de gás e insumos. Serviços de delivery estão sendo cancelados e vários estabelecimentos estão deixando de abrir suas portas acumulando prejuízos.


Foto: Hélia Scheppa/SEI